DOC Alentejo – Évora

Pêra-Manca é a marca que a Fundação Eugénio de Almeida destina aos seus vinhos de exceção.
Este vinho é produzido a partir das castas Trincadeira e Aragonez, sendo encorpado, complexo e elegante, com aroma a passas de frutos e essências das madeiras de estágio. Devido à grande qualidade dos taninos e madeiras utilizadas, são vinhos que apresentam grande longevidade, necessitando de algum tempo para revelar todo o seu potencial.
Foi produzido pela primeira vez, pela Fundação Eugénio de Almeida, em 1990